Translate

Loading...

Siga o Leão...

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

A LUTA VALEU! O PREFEITO CEDEU!


Em 2011, depois de deflagrarmos uma greve que durou 61 dias, ininterruptos, retornamos de "mãos vazias" e com um saldo estrondoso de dignidade. Naquela época, o prefeito anterior colocava uma das últimas pás de terra num mandato, que ainda estaríamos sujeitos a tolerar por mais um ano e meio.

Em 2013, depois de oito dias seguidos, de greve, iniciou-se uma "Operação |Tartaruga" em 13 de maio, que se encerra agora, contabilizando 12 dias de paralisação mais o equivalente a aproximadamente 22 dias letivos de perda na carga horária do nosso aluno.

No dia 13 de Março deste ano, o prefeito encaminhou aos servidores um bilhete, onde o mesmo pedia paciência e compreensão, uma vez que não tinha recursos para reajustar nossos salários. Em vez de propor o pagamento em suaves prestações, preferiu o desgaste político temperado com mentiras, intransigências  e incoerências, o que só serviu para queimar ainda mais o seu filme com os servidores e com a comunidade escolar, já que até agora não conseguiu "assumir" o governo, uma vez que, mesmo depois de 8 meses de mandato, não fez nada em nossa cidade que justifique, "fechar o mês de julho com um déficit de 400 mil reais", conforme a mídia noticiou.

Agora, no final de agosto, depois se sentir pressionado, também, pelos alunos do CEJM, o prefeito teve que
ceder. É lógico que a proposta de  reajustar os nossos salários com 8 meses de atraso e pagar o retroativo em 3 parcelas, nos primeiros três meses do próximo ano, não era o que queríamos, até mesmo porque, além de nossas contas não "esperarem", quando estivermos recebendo em março a última parcela, um novo acordo coletivo já vai estar sendo discutido.

Se valeu a pena, valeu, embora tenhamos lutado demais por tão pouco, financeiramente. Mas a essas alturas, o que vale é a conquista de nossa dignidade. Dignidade não é algo que se ganha; é algo que se conquista. Enquanto o poder de fogo do "patrão" veio embebido de enganação, politicagem e covardia, apresentamo-nos com a força da conscientização política, fortalecidos pela nossa coragem, pela nossa resistência, enfim, pelo nossa demarcação territorial, mostrando quem somos nós e despertando muita gente que estava adormecida.

E o que vai ser de nós no próximo ano? Talvez será preciso questionar o que será deles no próximo ano, pois voltaremos mais revigorados, mais preparados para o próximo combate. Uma vez que a nossa operação tartaruga se encerra, cobraremos não só do executivo, como também do legislativo, que a deles seja encerrada, definitivamente, e comecem a trabalhar pelo bem comum, já que o povo confiou a eles esta missão, através do voto.

Com relação às primeiras pás de terra no mandato de Teófilo Tôrres, torço, sinceramente, para que as mesmas sejam jogadas para fora. A nossa cidade não suportaria mais quatro anos de retrocesso. A educação municipal, referência estadual, não pode sofrer nenhuma perda.

... Há que se cuidar do broto prá que a vida nos dê flor e fruto ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem Vindo !! Seu comentário é muito importante!